adidas originals superstar: Lilian Maus + Helen Rödel

Celebrando o maior ícone da marca – o Superstar, a adidas reuniu esse ano 6 criativos brasileiros, atuantes em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, com coragem e influência naquilo que fazem para dar cara a tapa, desenvolvendo projetos que devolvam algo positivo para as pessoas. A influência desses criativos não foi medida pela quantidade de seguidores nas redes sociais, e sim pelos litros de suor derramados por cada um para transformar a cultura que os cercam.
Lilian Maus e Helen Rödel participaram de uma imersão a partir de uma instalação que uniu seus trabalhos em um estúdio todo branco, remetendo ao design do clássico tênis.
Diversas pessoas foram convidadas a participar da instalação que foi dividida em três partes: imersão, construção e confrontamento, criando um diálogo entre arte e moda.

Lilian Maus:

“Desenvolvi a instalação /No útero da linguagem/ a partir do convite para trabalhar, em parceria com a estilista Helen Rödel, para o projeto da adidas Originals, produzido pela Slash/Slash, com a curadoria de Lucas Ribeiro, (Pexão). Fomos, eu e a Helen, costurando uma conversa que, como um crochê, se alinhavou aos poucos, com imersão, momentos de desmanches, trocas de linhas e transpasses. A proposta inicial não poderia ser mais deliciosa: provocar um desmoronamento da ideia de ‘superstar’, trazido pelo emblemático tênis de mesmo nome da marca. E é desse gesto de desmanche que nasce a ideia de um abrigo para o corpo, composto pelo manto de crochê em preto e branco criado pela Helen Rödel (que pode ser tramado pelo usuário à sua maneira) e minha instalação /No útero da linguagem/, em que o corpo do espectador-participante é envolvido por tramas alvas que remetem às nuvens e abraçam-nos como um útero confortável. Tudo isso sob um céu negro em que letras explodem em uma constelação de palavras, colocando em relação paisagens do corpo e celeste. A trilha imersiva é uma parceria com Giovani Bonin-Barbieri, que mesclou diferentes sons do corpo, como batimentos cardíacos, respiração e sons do útero, com sons do espaço.”

foto_carolina_perrone Carolina Perrone  (Exposição realizada do Complex, Porto Alegre, 3/10/2015)

Leave a Comment